Desabafo e a lógica materna

12/10/2010 § 2 Comentários

Estou numa merda total. Sem grana até para comer. Ontem pedi comida no delivery com dor no coração. E minha mãe telefona para dizer que volte:

Se aí está tão ruim, por que então não volta?

Ela tem lógica, mas é lógica apressada de mãe. Vou esperar respostas, as coisas podem acabar dando certo. Até lá, estou economizando agurot.

Preciso dormir por algumas horas. Estou insone desde ontem, e ontem dormi apenas um par de horas.

Mas não telefone, eu tendo a não atender ninguém quando estou deprimido. Não é pessoal.

(E isso tudo pode ser só poesia. Ou pode ser que não.)

Anúncios

Coisas assim

11/05/2006 § 6 Comentários

Passo a tarde inteira com a cara enfiada no travesseiro e num colo francês chorando copiosamente e feito criança. Cada lembrança de uma coisa ruim gera um soluço e mais lágrimas. E aquela impressão de que nada pode ser pior.

Na noite seguinte, uma mensagem de Brasília no celular sugerindo olhar a lua. Na cafeteria do trabalho, umas mulheres que acham a minha cara muito triste e fazem graça pra me fazer sorrir.

De manhã, arrastando a tromba enquanto caminho, o telefone toca querendo saber porque pareço tão triste. Uma amiga que há muito não via, na outra calçada na rua principal de Jerusalém. E chegando em casa um email conta que apareci em um sonho em Florianópolis.

Coisinhas, assim.

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com depressão em Ato ou Efeito.

%d blogueiros gostam disto: